segunda-feira, 27 de junho de 2016

Dia Mundial do Diabético - Como o TST pode prevenir nas Empresas



Se não for tratada, a diabetes aumenta o risco de acidente vascular cerebral (AVC) e de cegueira, além de ser a principal causa de amputações de membros inferiores no Brasil. 

A diabetes está aumentando mundialmente. É uma doença que atinge os jovens e idosos, ricos e pobres. Mais de 360 milhões de pessoas sofrem de diabetes. Até 2035, a Federação Internacional de Diabetes (IDF) estima que mais de 550 milhões de pessoas em todo mundo terão a doença. 
A diabetes debilita e pode matar. A cada 8 segundos, alguém morre em decorrência de complicações da diabetes. Ela está entre as 10 principais causas de deficiências: dezenas de milhões de pessoas com diabetes sofrem de sérias condições, como doença cardíaca, derrame, amputação dos membros inferiores, retinopatia diabética (perda da visão ou cegueira causada pela doença diabética dos olhos) e insuficiência renal.
Uma grande proporção dos quatro milhões de pessoas que morrem anualmente em decorrência da diabetes está nos seus anos mais produtivos (entre 40 e 60 anos), resultando em um alto custo econômico à sociedade. Crianças morrem de diabetes Tipo 1 em países de baixa e média renda, porque elas não têm acesso à insulina que lhes é vital.

Por isso e muito mais, é que se justifica fazer a campanha do Dia Mundial do Diabetes e também ajudar a sociedade a combater esse mal nas empresas, além de campanhas educativas e de conscientização durante todo o ano. 
Pela gravidade da situação, é que não devemos nos limitar ao mês de novembro para estimular a divulgação dos nossos objetivos. Lembrando que, o ponto alto do projeto de divulgação do projeto é o mês de novembro, o mês AZUL, comemorando o Dia Mundial do Diabetes.
Sintomas:
É bom ficar de olho nos principais sintomas e claro ter sempre a observância dos exames médicos, tanto ocupacionais, como os particulares que são recomendados a todas as pessoas:


Prevenindo a diabetes em sua empresa:
Nós, como profissionais da Saúde e Segurança Ocupacional, não devemos nos ater somente aos cuidados com os acidentes, documentação, EPI's, Inspeções, isso todos sabem, temos uma atuação muito mais abrangente, devemos também nos preocupar com a saúde dos trabalhadores, principalmente isso, funcionário saudável as chances de acidentes diminuem substancialmente.

Veja abaixo alguns exemplos de campanha que o profissional de SST pode realizar em sua empresa:
Medição da Pressão Arterial e Glicose  - Realize um evento com a medicina do trabalho ou órgão que faz esse serviço ou até mesmo contrate uma equipe de saúde com enfermeiro e/ou médico que fazem esse tipo de trabalho - Nesse evento você coloca cartazes e distribui cartilhas sobre o que é a doença e como preveni-la. Lembre-se: Nesse caso, as pessoas propensas à doença devem receber encaminhamento para iniciar o tratamento e acompanhamento médico - muitos casos podem aparecer em pessoas que não aparentam ter qualquer problema de saúde.
Realize também:
  • campanhas;
  • palestras com profissionais da saúde,
  • casos de pessoas que têm a doença;
  • dicas de alimentação;
  • DDS's;
  • cursos e etc. 


Isso tudo para que a qualidade de vida dos trabalhadores seja melhorada e como consequência o aumento da produtividade e redução do absenteísmo será notado.

Campanhas educativas são sempre importante também!



Praticar exercícios físicos moderados e manter um peso corporal saudável pode ajudar a prevenir a diabetes do Tipo 2. 
O objetivo dessas ações ão a é contribuir para diminuir a subnotificação e o desconhecimento sobre as doenças, que são silenciosas - na maioria dos casos, inicialmente não apresentam sintomas. 

Daí uma boa ideia para você por em prática em sua empresa, além de ajudar os funcionários a manterem a saúde em dia você contribui com a "saúde" da empresa também!

Mão à obra!?!
Boa sorte!!!
Grande Abraço!

Eduardo V. Franco
Engenheiro Ambiental
Pós Graduando em Engenharia de Segurança do Trabalho
Técnico em Segurança do Trabalho
Editor e Autor de Cursos de Saúde, Segurança do Trabalho, e Meio Ambiente e Iniciação Profissional


Nenhum comentário: